O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse esta quinta-feira que tem encontrado várias empresas internacionais propensas ao risco que demonstram um «apetite crescente» em investir em países como Portugal e Espanha.

Durante um debate sob o tema ¿Crescer para fora¿, na Fundação de Serralves, no Porto, Pires de Lima recordou que «não deixa de ser curioso que alguns destes movimentos de privatizações tenham tido uma participação tão forte de empresas com estas características».

«Estou muito confiante de que 2014 vai marcar a diferença do ponto de vista do investimento, não só a nível de investimento na dívida portuguesa ou em ativos financeiros, que não desvalorizaria, mas também investimento de uma perspetiva de médio e longo prazo. Vejo um apetite crescente em entidades, muitas delas que estão mais propensas ao risco para investir no sul da Europa,

nomeadamente em Espanha e em Portugal», afirmou o ministro.

Pires de Lima sublinhou a recuperação da «reputação e credibilidade» de Portugal e declarou que «ninguém investe num país sem reputação».