A comunidade portuguesa de Business Angels já realizou 121 investimentos em 85 empresas com menos de três anos, nos últimos dois anos e meio, no valor de 15,3 milhões de euros, disse esta segunda-feira o presidente da FNABA.

Em declarações à Lusa, por ocasião do primeiro dia da 7.ª Semana Nacional de Business Angels (investidores particulares) que tem hoje início em Portugal, Francisco Banha, presidente da Federação Nacional das Associações de Business Angels (FNABA), considerou que estes resultados demonstram que «há uma classe de investidores que acredita no talento para fazer a diferença no mercado global».

A linha de financiamento criada no âmbito do programa Compete, de suporte às actividades dos Business Angels, comparticipou com 9,6 milhões de euros, dos 15,3 milhões investidos pelos (BA), mas essa «alavancagem é fundamental» para que «o número de investidores particulares aumente», realçou.

O investimento de 15,3 milhões de euros está a ser realizado por 51 grupos de Business Angels, dispersos por todo o país e abrangem empresas desde os serviços, ao comércio e à indústria.