Grécia já encetou negociações com o Fundo Monetário Internacional.

«Não vejo porque [o FMI] não deva aceitar uma extensão como fazem sempre em casos destes, pelo menos até ao final do ano. Estou otimista na resolução do problema».