O ex-ministro das Finanças grego, Yannis Varoufakis, está convencido que as reformas impostas pelos credores à Grécia vão fracassar.

Entrevistado pela BBC, o ex-titular da pasta defendeu que a Grécia foi sujeita a um programa “que ficará na história como o pior desastre da gestão macroeconómica de sempre”.

E acrescentou: “Este programa vai fracassar independentemente de quem o implemente”


Varoufakis foi a primeira queda no governo de Alexis Tsipras. O ex-ministro saiu depois da vitória do Não no referendo à população.

Mas já houve uma segunda: os novos ministros do governo da Grécia prestaram juramento este sábado numa cerimónia no palácio presidencial, depois de na sexta-feira o primeiro-ministro grego, Alex Tsipras, anunciar uma remodelação que abrangeu 10 membros do Executivo. 

O Eurogrupo deu esta sexta-feira formalmente mandato às instituições para negociarem o terceiro programa de resgate à Grécia, numa reunião por teleconferência entre os ministros das Finanças da zona euro que decorreu esta sexta-feira à tarde. 

A Comissão Europeia anunciou um acordo entre os Estados-membros da União Europeia sobre um empréstimo intercalar à Grécia, que garante que 7 mil milhões de euros chegarão a Atenas na segunda-feira, a tempo de prevenir um incumprimento.