O ministro das finanças grego, Yannis Varoufakis, não acredita que a Grécia saia da zona euro. Em declarações exclusivas à TVI, no final do longo debate parlamentar deste sábado, o responsável sublinhou que ninguém sai da moeda única.

Quando confrontado pela jornalista Isabel Loução Santos sobre o facto de muitas pessoas estarem a colocar o referendo na perspetiva de uma saída do euro, Yannis Vasroufakis respondeu assim:


“São então muito tolas, porque não há nenhuma regra para sairmos da moeda única. E não há regra porque se começa a haver uma série de saídas, é o colapso”.


Quando questionado sobre o que vai acontecer se os gregos votaram “Não” às propostas dos credores no referendo de 5 de julho, Varoufakis disse apenas: “Continuamos”.

Os bancos gregos não vão abrir portas esta segunda-feira e a Bolsa de Atenas também não vai negociar, revelou o primeiro-ministro grego, no final de uma reunião de emergência do Conselho de Ministros.

A decisão surge depois do Banco Central Europeu ter decidido manter os empréstimos de emergência aos bancos gregos nos atuais níveis. No entanto, a linha de liquidez não será reforçada.