O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, pediu esta terça-feira ao presidente do conselho europeu que organize uma reunião especial com os líderes da Comissão Europeia, BCE, França e Alemanha à margem da cimeira europeia de quinta-feira, informaram fontes governamentais.

Segundo as fontes, citadas pela agência EFE, Tsipras pediu a Donald Tusk que a reunião conte com a participação do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, da chanceler alemã, Angela Merkel, e do presidente francês, François Hollande.

O objetivo do primeiro-ministro grego é colocar a questão da dívida grega ao mais alto nível político europeu.
Numa entrevista publicada na segunda-feira pelo diário Ethnos, Alexis Tsipras afirmou que o acordo alcançado no Eurogrupo «foi claro» e «deve ser respeitado».

«Se se continuar a boicotar o acordo de 20 de fevereiro, torna-se claro que é necessário um acordo ao mais alto nível político», disse.

Segundo a imprensa grega, as negociações técnicas com os representantes da Comissão, do BCE e do Fundo Monetário Internacional estão a ser difíceis devido à imposição de exigências que Atenas considera não respeitarem o acordo alcançado no Eurogrupo.