O primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, acredita que é melhor manter a Grécia na zona euro do que precipitar a sua saída.

“Acredito que no final do dia, pelo menos politicamente, vamos chegar à conclusão de que nesta altura manter a Grécia no euro tem mais vantagens do que desvantagens”

 
A Eslováquia tem defendido a permanência da Grécia na zona euro, mas não a qualquer custo.
 
Resta esperar para ver o que sairá da cimeira de líderes da União Europeia, agendada para as 18:00, hora de Lisboa.
 
Depois de uma reunião do Eurogrupo que durou cerca de uma hora, Jeroen Dijsselbloem sublinhou que a nova proposta grega, apresentada esta manhã, “é um passo positivo” e “uma base” para recomeçar as negociações de forma séria.

Os líderes da zona euro não deverão tomar uma decisão formal sobre a Grécia esta segunda-feira, sublinhou a chanceler alemã Angela Merkel, lembrando que a semana ainda agora começou.