O comissário europeu dos Assuntos Económicos afirmou este sábado, em Bruxelas, que “o governo grego fez gestos importantes” nos últimos dias, mas advertiu que a “chave” para um acordo está numa rápida implementação de reformas.
 
Falando à chegada a uma reunião decisiva dos ministros das Finanças da zona euro sobre a Grécia, Pierre Moscovici sublinhou que “este é um dia importante para a Europa e para a zona euro”, já que o que for decisivo terá um impacto determinante não só na vida de “milhões de cidadãos gregos”, como na zona euro e na economia europeia e mundial.
 

“Noto que o governo grego fez gestos importantes. Enviou um pedido de programa (de assistência), houve ontem (sexta-feira) um voto muito importante, esmagador (do parlamento grego) sobre uma lista de reformas” que o governo grego se compromete a implementar em troca de ajuda, observou, acrescentou todavia que a chave está precisamente numa “implementação rápida” de “reformas sólidas”, que mostrem um efetivo empenhamento das autoridades gregas.



O parlamento grego aprovou este sábado o pacote de reformas económicas que o Governo apresentou aos credores, na quinta-feira, com o objetivo de assegurar um novo resgate da União Europeia.