A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, revelou esta segunda-feira que votou no candidato derrotado à liderança do E

"Isto dito - prosseguiu -, tenho também uma boa relação pessoal com o ministro Dijsselbloem, e reconheço que o trabalho dele tem sido de grande qualidade e de grande empenho, e tenho a certeza de que continuará a fazê-lo neste segundo mandato, e que a relação com Portugal será ótima", afirmou.




reconduzido por dois anos e meio