A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse este sábado, à chegada a uma reunião decisiva do Eurogrupo sobre a Grécia, em Bruxelas, que o objetivo é alcançar “muitos progressos".

“Estamos aqui hoje para fazer muitos progressos”, declarou ao entrar no edifício onde, a partir das 15:00 locais (14:00 de Lisboa), os ministros das Finanças da zona euro irão, em conjunto com as instituições (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), avaliar o pedido de um terceiro resgate à Grécia e o programa de reformas proposto pelo governo de Alexis Tsipras como contrapartida.

Uma das questões que mais divide os diversos atores das negociações é o de uma reestruturação da dívida grega.

O parlamento grego aprovou este sábado o pacote de reformas económicas que o Governo apresentou aos credores, na quinta-feira, com o objetivo de assegurar um novo resgate da União Europeia.