A Grécia e Alemanha estão a tentar chegar a um acordo que permita que a Grécia continue com o programa de assistência financeira. Fontes adiantaram à Bloomberg que ambas as partes mostram vontade de assumir compromissos.

A Alemanha não irá insistir no cumprimento, por parte da Grécia, de todos os aspetos do atual programa de resgate. A revisão em baixa da meta do excedente orçamental primário e também das metas das privatizações poderão estar em cima da mesa.

Já a Grécia está preparar para assumir o compromisso de um excedente orçamental primário, desde que esteja abaixo da meta da troika de 3%. O governo grego estará também preparado para assumir o compromisso de avançar com as privatizações.

Já esta quinta-feira,  a chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou  que a Alemanha  está sempre disposta a fazer compromissos, mas que a credibilidade da Europa depende do cumprimento das regras e da confiança entre os parceiros.  

Para esta sexta-feira está agendada uma reunião com técnicos da troika e do governo grego para preparar uma base de entendimento com vista a um potencial acordo a alcançar na próxima segunda-feira, dia de nova reunião do Eurogrupo.