A Confederação Grega de Câmaras de Comércio e Indústria divulgou esta terça-feira cálculos indicando que diariamente encerram em média 59 empresas no país, são eliminados 613 postos de trabalho e a economia perde 22,3 milhões de euros.

Com estes dados, a confederação instou o Governo a firmar rapidamente um acordo com as instituições credoras (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu).

Num documento intitulado "Radiografia do mercado através de números da economia grega", a confederação sustenta que um acordo com as instituições, mesmo que fique abaixo das expectativas, daria à economia um impulso necessário para poder funcionar nos meses que restam de 2015.