“Antes de mais, tem que se dizer que estamos claramente a fazer progressos. A proposta do governo grego vai muito na linha daquela que era a proposta da Comissão antes do referendo. Claramente vemos que há vontade do lado grego em atingir um acordo, e o voto de ontem (sexta-feira) no parlamento mostrou que há uma maioria para avançar com este programa”, disse, à chegada a uma reunião do Eurogrupo.




“muitos progressos". 

avaliação positiva do pedido