O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o secretário-geral da OCDE, Angel Gurris, acordaram nesta quarta-feira criar uma comissão para preparar um plano de desenvolvimento das reformas no sistema fiscal e social grego.

«Em breve, irei a Paris para formalizar esta cooperação», anunciou Tsipras numa conferência de imprensa conjunta com o secretário-geral da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico), que se deslocou a Atenas para ouvir os planos de reforma do novo Governo grego.

Tsipras, cujo governo recebeu na noite de terça-feira a confiança do Parlamento, sublinhou que o executivo está firmemente decidido a fazer reformas.

No entanto, afirmou que as reformas não serão como as que se fizeram no passado, «que se fizeram mal por ambas as partes», numa alusão aos acordos do governo anterior com os credores da troika (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional).

Gurría declarou que o papel da OCDE é meramente de assessoria, pois os «gregos sabem melhor do que a organização o que têm que fazer».

«Vocês têm o mandato para governar e nós estamos aqui para dizer-vos o que fazem outros países que têm os mesmos problemas», afirmou.

Gurría explicou que a OCDE tem diversas propostas para formular, como, por exemplo, para combater a evasão fiscal, para melhorar a competitividade, a educação e a investigação ou melhorar o funcionamento dos sistemas financeiros.

Por outro lado, Tsipras sublinhou que a Grécia está decidida a aplicar reformas e, por isso, o Governo está contente por poder contar com a «experiência da OCDE» para as elaborar.

«Queremos uma Grécia sem contrabando e sem lavagem de dinheiro. Estas são medidas que não nos impõem, obedecem à nossa própria vontade», salientou.

O chefe do novo executivo grego recordou que a melhoria da eficiência da Administração Pública e o combate ao clientelismo político são os objetivos de máxima prioridade.

Gurría deixou claro que o seu objetivo não será avaliar o programa que a Grécia quer aplicar, mas apenas o de ajudar na sua elaboração.