O ministro alemão das Finanças considera que é preferível conceder um segundo empréstimo-ponte à Grécia para dar mais tempo às negociações.
 
Fonte do Ministério das Finanças adiantou a dois jornais alemães que “É melhor negociar mais duas ou três semanas e depois ter um programa sensato. Um novo empréstimo-ponte é melhor que um programa meio acabado”.

As declarações surgem um dia depois da Comissão europeia ter sugerido que esperava um acordo a tempo de Atenas fazer o pagamento ao Banco Central Europeu, a 20 de agosto. São  3,4 mil milhões de euros em juros e capital, referentes às obrigações do tesouro a cinco anos que estão na posse do BCE .

Esta quinta-feira Alexis Tsipras e François Hollande adiantaram que querem que o acordo entre Atenas e os credores internacionais fique fechado na segunda quinzena de agosto.

O primeiro-ministro grego e o presidente francês estiveram juntos na cerimónia de inauguração do novo canal do Suez, no Egito, esta quinta-feira. Hollande falou em final de agosto, Tsipras refere que acordo deverá ser concluído “depois do dia 15 de agosto”. 

Um comunicado do gabinete de Tsipras confirmou a intenção expressa neste encontro.
“Os dois líderes acordaram que as negociações podem e devem ser concluídas após 15 de agosto.”