O presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária (APIT) foi eleito presidente da Rede de Auditores Fiscais de Língua Portuguesa. A eleição ocorreu em Fortaleza, no Brasil, no âmbito do 2.º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais.

A Rede de Auditores Fiscais de Língua Portuguesa tem sede em Brasília e reúne as associações profissionais e/ou sindicais, que representam auditores fiscais e inspetores tributários e aduaneiros, que trabalham nas administrações fiscais e alfandegárias dos países que constituem a CPLP, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

"Esta entidade surge como concretização do empenho colocado na promoção de uma reflexão permanente sobre matérias fiscais estruturantes, e aposta no desenvolvimento das parcerias entre os países da CPLP, na criação de espaços de trabalho e de diálogo que potenciam a partilha de saberes, de conhecimentos e de experiências, e no reforço dos laços que nos unem e que vão muito além da língua que partilhamos", lê-se na nota enviada à TVI24.

O principal objetivo é, segundo a APIT, "ativamente contribuir para o desenvolvimento de sistemas fiscais modernos, que assegurem os princípios basilares de justiça e equidade e que promovam o crescimento sustentável". Tudo para uma maior justiça fiscal.