Tudo começou com os dados da inflação do Reino Unido, revelados esta terça-feira, e que mostram que atingiu mínimos de 2009, ou seja, em maio, a inflação foi de 1,5%.

Em reação aos dados, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, publicou um tweet: «É uma boa notícia o facto de a inflação estar em mínimos de 5 anos. Significa mais estabilidade e segurança financeira para todos».





O site Business Insider não demorou a criticar o governante, sublinhando que «há tanto para dizer que é difícil saber por onde começar».

Apoiado em gráficos, o site noticioso escreve que se Cameron acha que a baixa inflação significa estabilidade financeira, então a época 2008-2009 deveria ter sido a era dourada, ao invés do crash que se verificou.

Além disto, sublinha o site, os salários no Reino unido cresceram 0,9%, abaixo da inflação.

«Não interessa como olhamos para isto, os comentários de Cameron fazem-no fazer figura de tolo», conclui o site.