Os preços na Holanda caíram para terreno negativo em julho. Este fenómeno de deflação acontece pela primeira vez em quase três décadas.

Segundo os dados oficiais conhecidos esta quinta-feira, e que foram divulgados pelo gabinete central de estatísticas, os preços caíram 0,30% no último mês.

A última vez que tinha havido deflação na Holanda foi em dezembro de 1987, ou seja, há quase 30 anos. 

A deflação é uma realidade inversa à inflação. Traduz-se na redução prolongada do índice de preços no consumidor. Já a inflação acontece quando se regista uma subida generalizada dos preços dos bens e serviços, decorrente do aumento de moeda circulante.

Os preços na União Europeia e zona euro continuam a registar uma evolução negativa, apesar de menos acentuada. Em Portugal, os preços têm subido mais. Em maio, o aumento foi de 0,4%.