O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmou que a taxa de desemprego de janeiro se fixou nos 7,9%, valor mínimo desde julho de 2004, estimando para fevereiro uma nova descida para os 7,8%.

Um ano antes, em janeiro de 2017, a taxa de desemprego era de 10,1%, segundo o INE.

O valor definitivo apurado para janeiro representa uma descida de 0,1 pontos percentuais face ao mês anterior, menos 0,5 pontos percentuais em relação a três meses antes e menos 2,2 pontos percentuais face ao mesmo mês de 2017.

A taxa de desemprego jovem (15-24 anos), por sua vez, situou-se em janeiro nos 22,1%, baixando face aos 23% de dezembro, com o INE a estimar uma manutenção deste valor em janeiro.

Já a taxa de desemprego nos adultos aumentou uma décima para os 7,1%, estimando-se também uma manutenção deste valor em fevereiro.

A população desempregada de janeiro foi estimada em 409,4 mil pessoas, tendo diminuído 0,7% em relação ao mês precedente (menos 3,0 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4.777,8 mil pessoas, tendo aumentado 0,1% (mais 6,4 mil pessoas) face ao mês anterior.