Os portugueses estão menos confiantes. De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística, o indicador de confiança dos consumidores diminuiu em junho, após ter aumentado no mês anterior, interrompendo a tendência ascendente observada desde o início de 2013.

Em comunicado o INE refere a evolução confiança dos consumidores resultou “do contributo negativo de todas as componentes, perspetivas relativas à evolução da situação financeira do agregado familiar, da poupança, da situação económica do país e do desemprego”

Já o indicador de clima económico estabilizou no mesmo mês, após ter aumentado entre março e maio. Mesmo assim, houve uma melhoria do indicador nos setores da Indústria Transformadora e no Comércio. O instituto acrescenta que, no caso da indústria Transformadora, a evolução está relacionada com “o contributo positivo das opiniões sobre a evolução da procura global e sobre os stocks de produtos acabados”.