O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Mota Soares, disse esta quinta-feira que a descida da taxa de desemprego no terceiro trimestre deste ano dá confiança e esperança, sublinhando que reflete um aumento do número de pessoas que encontraram trabalho.

O governante desvalorizou outras justificações para a redução da taxa de desemprego, como a sazonalidade ou a emigração invocadas pela CGTP, argumentando o registo de um aumento do desemprego no mesmo período do ano passado e defendendo que os dados do INE hoje divulgados refletem uma «maior criação» de postos de trabalho.

Confira os dados do INE

«Com a mesma população ativa do trimestre passado, o número de portugueses que encontraram trabalho aumentou», disse, acrescentando que nos últimos três meses 50 mil portugueses encontraram trabalho.

Mota Soares ressalvou que o desemprego continua a ser a principal preocupação do Governo, mas enalteceu que a descida anunciada pelo INE dá ao Governo «força para continuar» a trabalhar na recuperação da economia.