Em abril, a inflação homóloga situou-se em 0,4%, taxa superior em 0,1 pontos percentuais à registada no mês anterior.

Segundo dados publicados esta quarta-feira pelo INE, o agregado relativo aos produtos alimentares não transformados registou uma variação homóloga de 2% em abril (0,5% no mês anterior) enquanto o índice referente aos produtos energéticos apresentou uma taxa de variação menos negativa em abril, que se situou em -3,% (-3,5% em março).

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, a variação mensal da inflação foi 0,3% (1,9% em março e 0,2% em abril de 2014). Já a variação média dos últimos doze meses foi -0,2 (-0,3% no mês anterior). 

A pequena aceleração da inflação em abril foi determinada em grande parte pelas evoluções dos índices das classes Produtos Alimentares e bebidas não alcoólicas e Bebidas alcoólicas e tabaco, que passaram de taxas de variação de 0,3% e de 2,6%, em março, para 1,2% e 4,0% respetivamente, em abril de 2015.

O INE também destaca a diminuição da taxa de variação homóloga da classe dos Transportes.