O índice de produção industrial apresentou uma variação homóloga de 3,2% em outubro, contra uma de 1,7% em setembro, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em termos mensais, o índice de produção industrial registou uma variação negativa de 0,7% em outubro, depois de um acréscimo positivo de 0,8% em setembro.

O índice do agrupamento de Energia apresentou um contributo determinante para este acréscimo do índice de produção industrial em outubro, ao registar uma variação homóloga de 15,8% em outubro depois de uma de 6,2% em setembro, refere o INE.

Em relação à secção Indústrias Transformadoras, cujo contributo foi igual ao da Energia, esta apresentou uma variação homóloga de 2,6% em outubro, contra 2,5% no mês anterior.

Com contributos inferiores para o índice, surgem os agrupamentos de Bens de Consumo, com uma variação homóloga que subiu de 2,4% em setembro para 3,2% outubro, e de Eletricidade, Gás, Vapor, Água Quente e Fria e Ar Frio, que registou uma variação homóloga de 5,7% em outubro depois de ter apresentado uma variação negativa de 4,6% em setembro.