"O défice da balança comercial aumentou 400,6 milhões de euros, situando-se em 2.794,2 milhões de euros, tendo a taxa de cobertura baixado para 82,4%, ou seja, -1,2% pontos percentuais", refere o INE.