Não são boas notícias para a balança comercial portuguesa: apesar de, em setembro, as exportações terem crescido 3,7%, face ao mês homólogo, as importações também aumentaram, mais 5,6%.
 
Segundo os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística, no conjunto do terceiro trimestre, as exportações aumentaram 1,5% e as importações aumentaram 2,5%, tendo como resultado um aumento do défice da balança comercial em 185,1 milhões de euros.

Ou seja, segundo o INE, o défice comercial global de Portugal aumentou 6,8% em termos homólogos no terceiro trimestre, com as importações a crescer a um ritmo superior ao das exportações. Este défice situou-se em 2.892,6 milhões de euros, face ao défice de 2.707,5 milhões de euros no período homólogo.

No acumulado do ano, e comparando com o período homólogo, as exportações aumentaram 1,0% e as importações registaram uma subida de 3,5%.