O indicador de clima económico recuperou de forma ligeira em julho para o valor mais elevado desde maio de 2008, a mesma tendência registada pela atividade económica, que subiu em junho, divulgou esta quarta-feira o INE.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), o indicador de clima económico recuperou de forma ligeira em julho, atingindo o máximo desde maio de 2008, na sequência da trajetória ascendente iniciada em janeiro de 2013.

Já o indicador de atividade económica "aumentou expressivamente em junho, após ter estabilizado no mês anterior".