O Presidente da República, Cavaco Silva admitiu esta quinta-feira que os números revelados pelo Instituto Nacional de Estatística, que dão conta de uma descida da taxa de desemprego, são «animadores« e um «sinal de esperança».

Confira os dados do INE

Para Cavaco Silva, «o que importa é que todos os agentes políticos, económicos e sociais trabalhem para continuar esta tendência da redução do desemprego».

Pedro Mota Soares, o ministro do Emprego, também já tinha reagido esta tarde à descida da taxa de desemprego. O governante ressalvou que o desemprego continua a ser a principal preocupação do Governo, mas enalteceu que a descida anunciada pelo INE dá ao Governo «força para continuar» a trabalhar na recuperação da economia.