O Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol confirmou esta quarta-feira que a economia do país saiu da recessão técnica no terceiro trimestre, período em que o PIB cresceu o 0,1% face ao trimestre anterior.

Dados publicados pelo INE confirmam a estimativa avançada na semana passada pelo Banco de Espanha.

Em termos homólogos, face ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB espanhol recuou 1,2%, o que representa menos quatro décimas do que o recuo do trimestre anterior.

Na semana passada, o Banco de Espanha explicou que no terceiro trimestre o crescimento ligeiro do PIB deveu-se em grande parte ao contributo positivo do setor exterior (0,4 pontos percentuais), compensando o contributo negativo do consumo interno (0,3 pontos percentuais).