Portugal ocupa o oitavo lugar dos países onde o IVA mais pesa na carga fiscal. Dados do Eurostat divulgados esta sexta-feira mostram que as receitas deste imposto equivalem a 8,5 % do Produto Interno Bruto (PIB).

Em 2013, a carga fiscal em Portugal atingiu um máximo, cerca de 37,2%, na sequência de uma forte subida no IRS. Foi neste ano que a sobretaxa do IRS se instalou e que os escalões do imposto encolheram de oito para cinco.

Já em 2014, os dados da Eurostat, mostram que Portugal foi dos únicos países onde a carga fiscal recuou, devido ao alívio nas taxas do IRC.

As sucessivas alterações fiscais dos últimos anos explicam que o peso da carga fiscal no PIB tenha subido de 34,2% em 2005 para 36,9% em 2014.

Na União Europeia, a Dinamarca foi o país que mais agravou a situação fiscal entre 2013 e 2014, seguida do Chipre, que recorreu à ajuda de credores internacionais.