contribuintes que recebem pensões de alimentos vão poder optar por ver estas prestações tributadas autonomamente a uma taxa de 20% em sede de IRS

manutenção das deduções à coleta dos encargos com imóveis, PPR, seguros de saúde e lares