A Unidade dos Grandes Contribuintes (UGC) arrecadou no ano passado cerca de 19 mil milhões de euros de receitas fiscais, mais três mil milhões do que em 2016, segundo dados provisórios da secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais.

“Em 2017, segundo dados preliminares, a arrecadação [de receita da UGC] foi de 19 mil milhões de euros”, afirmou hoje aos deputados o secretário dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, numa audição parlamentar.

No ano anterior, a UGC tinha arrecadado 15,7 mil milhões de euros de receita, num universo de 40,2 mil milhões.

O peso daquela unidade no total de receitas é de 45%.

O governante adiantou ainda que a UGC conta atualmente com 195 funcionários, mais do que os 162 que tinha em 2015.