A Câmara de Oleiros vai manter a taxa mínima do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e aplicar a redução máxima para famílias com dependentes, foi anunciado esta sexta-feira.

"A novidade é que além da taxa mínima de IMI, as famílias com dependentes a cargo beneficiarão ainda do chamado IMI Familiar", refere em comunicado o presidente da Câmara de Oleiros, Fernando Marques Jorge.

Esta proposta do executivo, que já foi aprovada em Assembleia Municipal, contempla uma redução na taxa de 10% para famílias com um dependente a cargo, de 15% para famílias com dois dependentes e de 20% para famílias com três ou mais dependentes.

"Esta medida traduz a preocupação do executivo em apoiar as famílias, tendo em conta o momento de dificuldade em que o país vive. O município pretende aliviar a carga fiscal das famílias oleirenses para que possam ter melhores condições de vida e mais poder económico", lê-se no comunicado.

A Câmara de Oleiros nunca optou pela taxa máxima de IMI desde 2001 e começou a aplicar a taxa de 0,3% a partir de 2013.