Os comerciantes já estão a preparar o Natal e intensificaram as compras de bacalhau, que registaram um acréscimo de 76% em outubro, segundo dados do Norge (Conselho Norueguês da Pesca).

O delegado da Norge em Portugal, Christian Nordahl, adiantou à Lusa que as importações de bacalhau da Noruega devem ter um comportamento semelhante em novembro e dezembro «para assegurar que as lojas têm bacalhau para o Natal».

«Todos os retalhistas estão à procura de bacalhau nesta altura para evitar ruturas de stock. Além disso, precisam também de ter bacalhau em janeiro e fevereiro», salientou.

Em outubro deste ano foram importadas 4381 toneladas de bacalhau, enquanto no mês homólogo do ano passado as importações ficaram pelas 2484 toneladas.

Em termos acumulados, entre janeiro e outubro, as importações de bacalhau da Noruega aumentaram 4,7%, passando das 21.510 toneladas registadas em 2013 para 22.515 toneladas este ano, o que evidencia um crescimento do consumo.

A Noruega fornece três quartos do bacalhau que é consumido em território português.