A atividade na reabilitação urbana aumentou 18% em novembro, em relação ao mês anterior, segundo o barómetro da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas divulgado esta quarta-feira.

Com base no inquérito a empresas, os dados da AICOOPN registaram um aumento de 10,1% na carteira de encomendas, um indicador que cresce «há seis meses consecutivos».

Desde o início do ano e até ao final de outubro, segundo a associação, foram licenciadas 5.626 obras de reabilitação urbana, o que representa uma redução de 1,1%, em termos homólogos.

Por regiões NUTS II, os dados mostram Lisboa como a única a apresentar uma variação positiva face a 2013, com 652 licenças emitidas este ano.

A AICCOPN notou ainda que o programa Vistos‘Gold, captou um investimento estrangeiro em imobiliário no valor de 90 milhões de euros, em novembro, superando já os mil milhões de euros de investimento captado para o imobiliário nacional desde outubro de 2012.

Criado há dois anos, o programa de atribuição de vistos prevê a emissão de autorizações de residência para estrangeiros, oriundos de fora do espaço Schengen, com investimentos em Portugal por um período mínimo de cinco anos.

O Ministério da Administração Interna decidiu em novembro investigar a atribuição destes vistos, na sequência da Operação Labirinto, que desmantelou uma rede de corrupção, na qual, alegadamente, participaram representantes do Estado.