O Estado arrecadou 296 milhões de euros em certificados de aforro e do tesouro em abril, segundo o boletim mensal da agência que gere a dívida pública, hoje divulgado.

O IGCP (Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública) divulgou esta quinta-feira que os particulares investiram 181 milhões de euros em certificados do tesouro em abril e amortizaram um milhão de euros neste instrumentos, pelo que a 30 de abril estes certificados tinham um saldo de 2.735 milhões de euros.

Quanto aos certificados de aforro, houve em abril 174 milhões de euros investidos e 58 milhões de euros amortizados, estando aplicados neste instrumento um total de 10.561 milhões de euros.

O valor aplicado em abril nos certificados de aforro significa mais 115 milhões de euros face ao aplicado no final de março e 429 milhões de euros em relação ao final do ano passado.

Quanto aos certificados do tesouro, os 2.735 milhões de euros do final de abril representavam mais 180 milhões de euros face ao final de março e 709 milhões de euros se comparado com o final de 2013.