As ofertas de emprego por preencher totalizavam as 19.566 no final de outubro, mais 69,2% em termos homólogos, mas menos 0,4% do que em setembro, informou esta segunda-feira o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

De acordo com a informação mensal do IEFP, as atividades económicas com mais expressão nas ofertas de emprego foram as atividades imobiliárias, administrativas e dos serviços de apoio, comércio por grosso e retalho, administração pública, educação, saúde e apoio social, alojamento, restauração e similares e construção.

No âmbito das ofertas de emprego feitas através do IEFP foram colocadas 8.610 pessoas, o que representa mais 56,5% em termos homólogos, mas menos 7% face a setembro

De acordo com a informação divulgada esta manhã pelo IEFP, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego ficou praticamente inalterado em outubro, em termos homólogos, num total de 694.904 pessoas, recuando 0,3% face a setembro.

No final de outubro havia menos 96 desempregados inscritos nos centros de emprego do Continente e das Regiões Autónomas do que um ano antes, o que corresponde a uma variação nula.

Face ao mês anterior, o IEFP contabilizou menos 2.392 desempregados inscritos, o que representa uma queda de 0,3%.