O Governo faz uma "avaliação positiva" do Startup Simplex e os vencedores serão conhecidos já esta sexta-feira. Há projetos que vão desde criar uma aplicação para os cidadãos passarem a ter documentos como a carta de condução e o cartão do cidadão no telemóvel ou até receber notificações de multas e pagar diretamente logo ao estado via eletrónica. 

A iniciativa contou com 196 propostas no total para simplificar a vida dos cidadãos e das empresas na sua relação com os serviços públicos. Dessas, foram selecionadas 10 ideias e amanhã conhecem-se os três vencedores finais.

"A nossa avaliação é positiva", afirmou a secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, à agência Lusa, congratulando-se com a quantidade de propostas num "tempo relativamente curto", e ao mesmo tempo que decorria a Volta Nacional Simplex.

As 10 propostas são, segundo a secretária de Estado, "muito transversais" na sua abordagem: finanças, segurança social, saúde, educação ou agricultura. Três são na área da saúde, duas na agricultura, florestas e desenvolvimento rural, com as restantes na educação, emprego, finanças, segurança social e participação e cidadania (uma cada).

 "Houve exatamente a abordagem que pretendíamos (...) O ponto-chave é que [o Startup Simplex] é absolutamente novo e os empreendedores e responsáveis pelas incubadoras nunca tinham pensado nesta perspetiva, pelo que esta iniciativa foi o início de colocar a semente"

"Uma ideia para repetir", diz desde já. "Não sei se faremos exatamente com este modelo ou com outro", que pode até passar pela criação, por exemplo, de uma "espécie de dotação anual para poder premiar ideias inovadoras e apoiar o seu desenvolvimento". 

O Startup Simplex tinha dois objetivos: "por um lado era abrir a perspetiva de serviços e produtos inovadores na Administração Pública", ou seja, "trazer a inovação de dentro para fora, e procurar melhorar aquilo que são os serviços que o Estado presta".

O segundo objetivo era "colocar no radar do empreendedor" a Administração Pública: "O setor público é um setor atrativo e pode ser bastante competitivo para repensar novos produtos e serviços" que se tiverem bom resultado dentro do Estado "podem ser um fator de sucesso" para o empreendedor continuar o seu negócio noutros setores.

"Aqui o prémio [do concurso Startup Simplex) é incluir as três melhores ideias no programa Simplex 2016. Esse é o nosso compromisso. Damos apoio ao desenvolvimento da ideia, que pode ser um caso de protótipo ou um produto, e que queremos que resulte para que depois o empreendedor possa ganhar asas e voar para outros mercados e para outros países"