São dados que alegram a hotelaria. Segundo os dados da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP Tourism Monitor), o primeiro semestre de 2016 foi o melhor dos últimos 12 anos. Seja em termos de ocupação, preço médio por quarto disponível e receita média por turista.

A taxa de ocupação/quarto foi de 63,2%, mais 3,4 pontos percentuais face ao período homólogo. Já o preço médio por quarto ocupado situou-se nos 72,3 euros, mais 6,3% do que em 2015 e igualando os valores de 2004.

Os estrangeiros dominaram as dormidas, representando 75% do total. Coube aos alemães a maior percentagem de ocupação (17%), seguidos dos britânicos (15%), franceses (7%) e espanhóis (5%).

A estada média situou-se nos 1,88 dias, valor idêntico ao do primeiro semestre do ano anterior.

De acordo com o AHP Tourism Monitor, os "Açores destacaram-se em termos de taxa de ocupação pelo bom desempenho comparado com 2015", enquanto o Grande Porto e o Algarve tiveram melhor performance em termos de preços.

A principal motivação das dormidas foi o "lazer, recreio e férias" (76%), seguindo-se os negócios/profissionais (15%) e outras motivações (9%).