A receita média por turista na hotelaria caiu 9,17% em agosto deste ano face ao mesmo mês de 2012, revelou à Lusa a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP)

Em comunicado com os indicadores da hotelaria em agosto, a AHP informou que a taxa de ocupação do setor a nível nacional registou um aumento de 2,91 pontos percentuais para 81,68%, ao que se opôs uma quebra do preço médio por quarto ocupado de 2,71% para 79,23 euros.

«No mês ¿ex-líbris¿ da hotelaria nacional a receita média por turista no hotel caiu 9,17% face a agosto de 2012. Em termos práticos, em média, um turista gastou menos de 100 euros no hotel ¿ 99 euros para ser precisa ¿ o que é preocupante. Também o tempo de permanência diminuiu 8,49%, sendo a estadia média de 1,94 dias», afirmou a presidente da direção executiva da associação, Cristina Siza Vieira, que ressalvou que agosto continua a ser o principal mês da hotelaria.

O preço médio por quarto disponível subiu 0,89% para 64,72 euros, com picos no Algarve (97,99 euros), Estoril/Sintra (85,73 euros) e Costa Azul (63,13 euros), e a taxa de ocupação subiu em quase todas as categorias, ficando de fora os cinco estrelas que assistiram a uma redução de 1,9 pontos face a agosto de 2012.

A taxa de ocupação em Lisboa, em agosto, desceu 1,6 pontos para 79,56%, enquanto no Porto este indicador subiu 6,92 pontos percentuais para 75,2%.

No acumulado entre janeiro e agosto, a receita média por turista no hotel por mês caiu 3% para 97 euros, enquanto a estadia média foi de 1,89 dias, menos 2,07% face ao homólogo.