O presidente francês, François Hollande, afirmou este domingo que a recuperação económica de França está em curso, na tradicional entrevista às televisões do país por ocasião do Dia da Bastilha.

«A recuperação está em curso», afirmou Hollande, quando questionado sobre se a previsão de uma contração de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2013 do instituto francês de estatística, o Insee, o preocupa.

«Há uma produção industrial que está a retomar», argumentou, afirmando que França é o país da Europa em que este indicador está a avançar mais rapidamente.

Interrogado sobre o risco de o aumento de impostos matar a recuperação económica, Hollande comprometeu-se a aumentar os impostos «idealmente, o menos possível».

«Sim, vamos fazer, estamos a fazer poupanças e não farei aumentos de impostos que não sejam absolutamente indispensáveis. Idealmente, o menos possível», garantiu.

Em março, abril e maio, a produção industrial acumulada da economia francesa aumentou 1% em relação aos três meses anteriores, um crescimento que foi mais moderado, de 0,6%, excluindo a energia e o setor mineiro.

Olhando apenas para o mês de maio, a produção industrial diminuiu 0,4% face a abril, mês em que cresceu 2,2% em relação ao mês anterior.