As taxas Euribor estavam esta quarta-feira a subir em todos os prazos, com as relativas aos prazos mais longos a registarem as maiores subidas em relação às últimas sessões.

A Euribor a seis meses, que é taxa de referência para o crédito à habitação, subiu 0,003 pontos percentuais, face aos dados de terça-feira, para 0,343%, enquanto a de três meses, utilizada nos empréstimos às empresas, avançava 0,001 pontos percentuais para 0,226%.

As maiores subidas registaram-se nas taxas de nove e 12 meses.

No caso da primeira, o aumento foi de 0,005 pontos percentuais para 0,448%, enquanto na de 12 meses a subida foi mais expressiva, de 0,007 pontos percentuais, para 0,544%.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.