O crescimento dos preços das casas deve acelerar a “curto prazo” devido ao aumento da procura e do volume de vendas, segundo os dados do último inquérito ‘Portuguese Housing Market Survey’ (PHMS), divulgados esta quarta-feira.

Com base nas respostas de 150 empresas de imobiliário, nota-se uma “recuperação mais sólida dos preços”, com o registo, no primeiro trimestre, de aumentos ligeiros dos preços em cada um dos meses, “interrompendo um ciclo de quase cinco anos de quedas persistentes”.

“Adicionalmente, a procura conduzida por novos compradores está a crescer sucessivamente há 20 meses, enquanto as vendas acordadas aumentam pelo 13.º mês consecutivo em março”, lê-se na informação do PHMS.

Em março, os inquiridos apresentam “expectativas bastante positivas para a evolução dos preços, prevendo que estes aumentem a um ritmo mais acelerado nos próximos três meses” e que possam atingir um novo máximo, desde o início deste inquérito em 2010.

As subidas dos preços devem verificar-se sobretudo em Lisboa e no Algarve.

“Também o índice de confiança, composto pelos preços e pelas expectativas de vendas, aumentou para um nível recorde em março.

Simon Rubinsohn, economista do RICS, adiantou que para maior sustentabilidade desta tendência de crescimento o “mercado ainda necessita de ser apoiado por uma melhoria continuada no mercado de trabalho, na concessão e disponibilidade de crédito e, de forma mais geral, da própria economia”.

No arrendamento, os preços devem estabilizar, uma vez que, em março, e pela primeira vez em quatro anos, as rendas mantiveram-se estáveis e as expectativas dos inquiridos apontam para a continuação desta tendência.

Neste mês, a procura de novas casas por parte dos arrendatários apresentou-se relativamente estável, enquanto as novas instruções de arrendamento caíram mais.

O PHMS é um inquérito mensal realizado em parceria entre a empresa de informação Ci - Confidencial Imobiliário e o RICS, para publicação de um Índice de Confiança e de Expectativas nas regiões metropolitanas de Lisboa, do Porto e do Algarve.

O Royal Institution of Chartered Surveyors (RICS) dá formação a profissionais que trabalham na avaliação, mediação e gestão em todo o ciclo do imobiliário e da construção.