O preço das habitações na zona euro subiu 1,1% e 2,6% na UE no quarto trimestre de 2014, face ao mesmo período de 2103, enquanto em Portugal aumentou 2,2%, segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo Eurostat.

Face ao trimestre anterior, o preço das casas em Portugal recuou 0,3% no quarto trimestre de 2014.

Já comparando com o terceiro trimestre de 2013, os preços das habitações recuou 0,1% na zona euro e manteve-se estável na UE.

Em Portugal, ao aumento de 2,2% em termos homólogos confirma o desacelerar da subida homóloga dos preços, face aos 4,9% do terceiro trimestre de 2014 e aos 5,9% do segundo.

Já na variação em cadeia, o recuo de 0,3% no quarto trimestre de 2014 sucede-se ao de 0,4% que tinha sido registado entre julho e setembro do ano passado.

Entre os Estados-membros, em termos homólogos, as maiores subidas foram registadas na Irlanda (16,3%), Malta (11,0%), Suécia (10,4%), Estónia (10,1%) e Reino Unido (10,0%), enquanto as maiores quedas foram na Eslovénia (-4,4%), Chipre (-3,3%), Letónia (-3,2%) e Itália (-2,9%).

Na variação em cadeia, Malta (4,6%), Irlanda (3,8%), Eslováquia (2,1%) e Luxemburgo (2,0%) registaram as maiores subidas dos preços das casas enquanto as principais quebras se observaram na Letónia (-10,2%), na Lituânia (-4,3%) e em Chipre (-3,0%).