Cerca de 2.800 famílias já beneficiaram do mercado social de arrendamento, que conta atualmente com 1.020 imóveis para alugar com rendas 20% a 30% inferiores aos valores de mercado, segundo dados do Governo avançados esta quarta-feira à agência Lusa.

O mercado social de arrendamento, uma das medidas do Programa de Emergência Social (PES) anunciado em 2011, foi criado há três anos para ajudar famílias carenciadas a terem uma casa, tendo o primeiro imóvel sido entregue a uma família de Alpiarça em agosto de 2012.

O Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social (MSESS) lembra, numa resposta enviada à Lusa, que o mercado social de arrendamento foi criado com um meta de 1.000 imóveis numa primeira fase, passível de chegar aos 2.000.