A TAP mantém esta terça-feira a tendência de operação dos últimos dias até às 09:00, em que foram cumpridos cerca de 70 por cento dos voos, disse à agência Lusa fonte da transportadora aérea, sem adiantar números novos.

“O que é possível adiantar a esta hora, é que, em termos de tendência de atividade da companhia, mantém-se em linha com o que aconteceu nos outros dias à mesma hora da manhã”, afirmou a fonte contactada pela Lusa.


A mesma fonte indicou que cerca das 09:00 há muitos voos para sair, remetendo informação mais precisa para o final da manhã.

De acordo com a fonte da companhia, a situação está calma no Aeroporto de Lisboa, ao quinto dia de greve para contestar a privatização da empresa decidida pelo governo.

Os pilotos convocaram uma greve, para o período entre 01 e 10 de maio, por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em dezembro de 2014, nem um outro, estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação de até 20 por cento no capital da empresa no âmbito da privatização.

Esta terça-feira, o Diário Económico avança que os pilotos da TAP admitem uma nova greve ainda para este mês ou para os feriados de junho.

Ontem o Governo estimou que a TAP já perdeu 10,02 milhões de euros em apenas três dias de greve.