Vinte e cinco voos, com partida e chegada ao Aeroporto Internacional de Lisboa, foram hoje cancelados, de acordo com o sítio da ANA, no dia em que se realiza uma greve parcial dos controladores de tráfego aéreo.

De acordo com a página online da ANA ¿ Aeroportos de Portugal, foram canceladas 11 chegadas e 14 voos com partida de Lisboa, alguns dos quais com destino a países que se encontram igualmente em greve parcial, nomeadamente França, Alemanha, e Itália.

Em declarações à Lusa, o porta-voz da Comissão dos Trabalhadores da NAV Portugal, Carlos Valdrez, adiantou que a adesão à greve era no início da paralisação de 100%, estando no entanto assegurados os serviços mínimos.

«É uma greve total, mas existem serviços mínimos para emergências médicas, para voos do Estado», adiantou Carlos Valdrez, realçando que a greve vai ter algum impacto a nível do tráfego.

«Deverão existir alguns atrasos que vão fazer sentir-se ao longo de todo o dia», disse.

Carlos Valdrez explicou que esta greve enquadra-se num conjunto de ações a nível europeu contra a quebra dos compromissos da Comissão Europeia relativamente às propostas entregues pelos trabalhadores no que diz respeito ao projeto Céu Único

Portugal integra a jornada de luta europeia contra decisão da Comissão Europeia de abandonar as negociações relativas à iniciativa do Céu Único Europeu 2+. Para hoje estão confirmadas também greves parciais em França, Alemanha, Áustria, Itália, Eslováquia, Hungria e Chipre.

Em Portugal, as greves são sentidas esta quarta-feira entre as 07:00 e as 09:00 e das 14:00 às 16:00.