A Grécia viveu uma nova greve geral, a quarta deste ano.

O motivo dos novos protestos é mais uma reforma na Função Pública: o corte de 15 mil postos de trabalho até ao final de 2014.

A lei deverá ser aprovada já esta quarta-feira, no Parlamento, para o governo grego poder receber uma nova tranche da ajuda externa da troika, no valor de 6.800 milhões de euros.