Representantes da troika de credores internacionais da Grécia iniciaram esta terça-feira em Atenas uma nova ronda de conversações com o Governo, centrada na avaliação do orçamento para 2015, noticia a Lusa.

A primeira reunião dos representantes da Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Central Europeu (BCE) foi com o ministro das Finanças, Guikas Hardouvelis, que na segunda-feira se mostrou otimista.

As negociações inscrevem-se em mais uma avaliação às contas da Grécia no quadro de um segundo programa de assistência financeira acordado em fevereiro de 2012. Esta pode ser uma das últimas avaliações neste formato.

A última tranche do empréstimo europeu deverá ser concedido até ao fim do ano e a ajuda do FMI deveria continuar até à primavera de 2016, mas Atenas já avançou a possibilidade de acabar mais cedo.

Esta ronda de negociações foi antecedida de uma série de reuniões preparatórias, que decorreram no início de setembro em Paris, mas o essencial concentra-se em duas fases de avaliação que decorrem em Atenas.

Na primeira fase, a troika vai concentrar-se no orçamento de 2015. A Grécia deverá apresentar um anteprojeto de orçamento no parlamento na próxima segunda-feira.