O Banco da Macedónia deu ordem aos seus bancos para levantarem todos os depósitos dos bancos gregos, avança a Reuters. O banco central argumenta que estas são “medidas preventivas” para limitar o fluxo de capitais para a Grécia, já que são países vizinhos.


“Estas são medidas de proteção com caráter temporário, introduzidas para fazer face ao perigo de uma eventual fuga de capitais da Macedónia para o nosso país vizinho, o que pode causar problemas sérios na balança de pagamentos e na estabilidade do sistema financeiro”


Os limites aos levantamentos só serão aplicados em futuras transações, excluindo os acordos em vigor com as entidades gregas.

Os bancos gregos vão estar encerrados até dia 7 de julho,  a Bolsa de Atenas também não vai negociar, e os gregos vão poder levantar apenas 60 euros por dia.

O Banco Central Europeu decidiu este domingo manter os empréstimos de emergência aos bancos gregos nos atuais níveis. No entanto, a linha de liquidez não será reforçada.