Os trabalhadores por conta de outrem e os reformados gregos pagaram mais 52% de impostos na declaração de rendimentos de 2012 apesar dos rendimentos terem caído 18%, segundo dados divulgados pelo ministério das Finanças grego e citados pela Lusa.

O rendimento anual médio dos assalariados e reformados gregos durante 2011, rendimentos declarados em 2012, foi de 14.640 euros, o que representa uma redução de 18,3% quando comparado com os 17.928 euros que declararam no ano anterior.

Em contrapartida, o Estado arrecadou mais 52% de impostos porque o montante isento de impostos passou de 12.000 euros para 5.000 euros.

O aumento da pressão tributária nos níveis de rendimentos baixos e médios, a redução das deduções fiscais pelo número de filhos e o aumento da tributação do imobiliário foram outros dos fatores que contribuíram para o aumento das receitas fiscais na Grécia.

Assim, enquanto cada contribuinte pagou em média 1.091 euros em 2011 [relativos a 2010], este valor subiu para 1.654 euros em 2012, referem ainda os dados.

Dos dados das declarações de rendimentos entregues em 2012 apresentados esta terça-feira, conclui-se que pouco mais de um milhão de assalariados e reformados declararam rendimentos anuais inferiores a 6.000 euros, limite de pobreza.

Por outro lado, os independentes declararam rendimentos médios anuais de 19.880 euros, o que traduz um aumento de 38,5% quando comparado com os 32.313 euros declarados no ano anterior.

Segundo os dados do ministério das Finanças, 60% dos independentes declararam rendimentos abaixo do limite de pobreza, de 6.000 euros.

Não há dados disponíveis para os rendimentos declarados em 2012 porque o prazo de entrega das declarações, que normalmente termina em junho, foi alargado até ao fim de agosto devido a uma série de problemas.

Este ano, pela primeira vez, todas as declarações de rendimentos têm de ser entregues por via eletrónica.

Segundo dados divulgados pelo ministério das Finanças grego, até agora só foram entregues 2,59 milhões de declarações das 5,5 milhões previstas.